SAÚDE INTEGRADA É SINÔNIMO DE FELICIDADE

Você sabia que saude integrada é sinônimo de felicidade?

Talvez você já conheça um pouco sobre mim ou meu trabalho por conta das redes sociais, mas eu preciso te contar a origem do que eu faço hoje…

Há 3 anos eu venho transformando vidas e negócios e cada vitória de um cliente é a minha também.

Por que?

1° Foi muito difícil me entender como profissional sem ter orientação vocacional e passar por tantos desafios pessoais. Foram 5 anos dolorosos aprendendo a ser mãe, estudante e profissional ao mesmo tempo.  Vi meu irmão caçula entrar em surto e ser internado, tive um casamento conturbado, uma filha prematura de 5,5 meses e enfrentei a separação. Não tive tempo para me conhecer antes de disputar uma vaga no mercado de trabalho. Aprendi na marra a administrar tudo.

2° Tomar a decisão de largar uma carreira estável para empreender também foi pauleira. Estava em uma fase melhor, havia casado de novo e após 2 transições eu já tinha a certeza do que queria para minha vida. Com o suporte do meu esposo me sentia segura e decidi investir tudo que havia ganhado no comercial no negócio. Meses depois, fomos surpreendidos e, como muitos aqui, sentimos na pele a crise. Foram três demissões seguidas em dois anos até ele se recolocar e se sentir feliz em uma empresa. Acordar todos os dias para tentar viver do meu sonho foi bem mais difícil do que imaginei.                                                                   

3° Tenho verdadeira paixão por pessoas e ajudá-las de alguma forma me conecta com uma memória afetiva pessoal. Eu não sei se você sabe, sou filha de uma funcionária pública e de um sacerdote. Cresci ouvindo casos e vendo eles ajudando o próximo, mas só despertei este meu lado na primeira internação do meu irmão. Na época, ele tinha apenas 15 anos e para ficar na clínica precisava de acompanhante full time. Pois é, já estive “internada” algumas vezes revezando com meus pais e sei bem como a saúde costuma ser tratada aqui no Brasil.

Todas estas experiências me marcaram profundamente e foi delas que eu tive os maiores aprendizados sobre a saúde.

* O que SAÚDE representa o que para você??

* Quando você tem alguma questão de saúde você busca ajuda de um profissional?

Provavelmente, você pensou em um médico, correto?

Se a resposta foi sim, você faz parte da grande maioria que enxerga a saúde como uma pequena parte do que ela realmente é….

São doze anos desde a descoberta da doença do meu irmão e de lá para cá eu pude ver na prática os impactos em mim e em minha família. Tive a oportunidade de conhecer diversos profissionais de várias áreas e tirar conclusões importantíssimas para o meu trabalho.

* Desde cedo aprendemos práticas básicas de curativo em caso de corte. É comum também ir ao médico quando temos dúvidas ou precisamos de tratamento, correto?

* Com o nosso físico e alimentação também temos informação e sabemos a quem procurar. Embora, para muitos, a saúde do corpo não seja algo tão relevante. E para estes, a querida “falta de tempo” é sempre uma boa desculpa.

* Com nossas questões profissionais somos equilibristas de corda bamba. Vivemos apagando incêndios e aceitamos o stress, insônia, enxaqueca, insegurança e até humilhação como parte da rotina profissional. Afinal, precisamos de dinheiro e não temos TEMPO. Não sobra tempo para lidar com dúvidas, frustrações e medo, vivemos sem tempo para pensar sobre a nossa vida!

Apontar o dedo para fora por algo que está acontecendo dentro de nós parece mais fácil. Diante de tantos vilões e da crise pensar em sair da zona de conforto que tanto amamos nunca parece uma opção…

     Afinal, quem poderá nos salvar quando o assunto é carreira?!

*Quando a questão é tristeza, ansiedade, medo, sofrimento, euforia e autoestima aí mesmo que somos cegos, surdos e mudos. Afinal, não falamos sobre isto.

Durante muito tempo “ter sentimentos” era frescura ou até coisa de doido! Já caminhamos, embora continuemos sem dar muito valor para aquilo que não vemos. Falamos para nós e para os outros que vai passar, somos negligentes e vamos lidando como dá. Até que um dia estas questões mandam sinais no corpo e só assim, na maioria dos casos, é que elas passam a ser vistas. Ou melhor, combatidas por remédios, bebidas, comida ou qualquer outra coisa que as façam “desaparecer”. Estamos distantes de nos conhecer de verdade, será mesmo que estamos de olhos abertos?

* Se o assunto for alma ou energia, aí é que o papo fica tenso! Afinal, não lembrar do que não pode ser visto ou tocado já é um hábito.

Não conhecemos a nós mesmos e vamos tocando o barco! Estamos acostumados a olhar o individual e esquecemos que viemos de um coletivo. E é assim que os padrões vão tomando forma e força. Até que um dia, a maldita crise nos arrebata novamente…

📌  O fato é que não aprendemos que a psicologia, psiquiatria, pedagogia, neurociência, medicina, coaching e tantas outras ciências estão à serviço da vida e de todos nós. Não aprendemos que a verdadeira saúde é um reflexo do físico (corpo), da mente, do emocional e até mesmo da alma (energia).

E por medo, hábito ou falta de conhecimento ficamos cada vez mais distantes de nós mesmo e da felicidade que tanto buscamos.

Somos seres em construção assim como as ciências, crenças, religiões, relações, profissões e o corpo. Tudo muda e precisamos continuar mudando e caminhando em direção às respostas que queremos.

Como já disse antes, a minha experiência pessoal mostrou o quanto a saúde no Brasil é defasada e absurda mesmo quando se pode pagar por bons profissionais. Anos de sofrimento desnecessários porque as áreas da saúde não conversam entre si!

As ciências precisam ser utilizadas de forma integrada sempre!

A minha família não foi vista como parte integrante do tratamento durante anos. Será que a vida de quem vê um ente querido adoecer permanece igual? Quem ensina como lidar com estas questões? Como se supera um trauma para ficar inteiro para lidar com a própria vida? Adianta tratar uma parte do problema e colocá-la no mesmo ciclo contaminado? Tomar a receita do médico ou psiquiatra sem ser capaz de identificar a raiz do problema dá certo? Qual é a sua estória e quem é você, você é capaz de dizer com clareza?

Cuidado com as fórmulas mágicas! O nosso corpo é um só e tudo começa de dentro para fora.

Tem um espaço seguro e aconchegante pronto para te receber.

Tire um tempinho para você, tenho certeza que você vai se surpreender 🧡

Grande abraço,

Ayumi.

Deixe uma resposta

Close Menu

Por gentileza, preencher o cadastro abaixo:

Preencha os dados abaixo para continuar: